Ilhéus: Encontro de Compositores começa nesta quarta

A diversidade e a originalidade musicais vão tomar conta do Teatro Municipal de Ilhéus na quarta-feira (07), na primeira noite do Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia. As compositoras Lunah M.V (Ilhéus) e Elisa Cunha (Itabuna) levam ao palco seu rap e MPB, respectivamente, enquanto a banda Pecados Capitais (Coaraci) toca rock’n roll e o Zem Trio (Ilhéus) solta o instrumental que circula livremente entre o rock e jazz. O show começa às 20h e o ingresso é 1kg de alimento não perecível, que será doado para a Fundação Fé e Alegria – Ilhéus.

O Encontro, ao longo de quatro mostras que acontecerão mensalmente até junho, vai apresentar oito compositores individuais e oito bandas autorais atuantes no cenário musical do Litoral Sul. Todos os selecionados são baianos e atuam em sete municípios do território, tendo sido escolhidos pela curadoria do evento entre 64 inscritos.

Além dos compositores e bandas, alunos de cada turma da oficina gratuita de Composição Musical apresentarão uma música inédita por show, como resultado das aulas.

Oficinas de Composição Musical

Continuam abertas as inscrições para as quatro turmas das Oficinas de Composição Musical, que acontecerão sempre uma vez por mês, até junho, na semana de cada mostra. Cada turma terá 20 participantes e as aulas acontecerão na Academia de Letras de Ilhéus. Profissionais e entusiastas da Música podem inscrever-se gratuitamente no site do evento. As aulas serão facilitadas pelos músicos Danilo Oliveira e Lula Soares Lopes.

As inscrições para as oficinas e a programação na íntegra estão disponíveis em www.encontrolitoralsul.com.br. É possível acompanhar as novidades no facebook.com/EncontroCompositoresLitoralSul, ou pelo aplicativo que tem o nome do evento e pode ser baixado na Play Store.

O Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia foi selecionado no Edital Setorial de 2016 e tem apoio financeiro do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Secretaria de Cultura da Bahia. Conta também com o apoio cultural do FAEG-Sul, Quantum Agência de Publicidade, Criadouro Soluções Culturais, Academia de Letras de Ilhéus e Secretaria de Cultura de Ilhéus.

Elisa Cunha é cantora e compositora itabunense tem na música a forma mais genuína de se conectar com as pessoas. Cantar, tocar instrumentos e compor são três das coisas que mais gosta de fazer na vida.

Lunah MV é de Ilhéus, canta e compõe reflexões sobre a vida e as injustiças do mundo, inspirada em diversas vertentes do Rap. Lançou recentemente seu primeiro EP, chamado “Aborto”, o que representa um passo importante para ela que quer viver de música.

A banda Pecados Capitais vem da cidade de Coaraci. A banda traz influências das várias ramificações do Rock and Roll, além de Blues, Hard Rock setentista, Rock progressivo, psicodelismo e Punk. O grupo vem apostando nas suas produções autorais e lançou recentemente o primeiro EP de forma independente, o “Jardim das Delícias Terrenas”, bem recebido pelo público e pela crítica. Também lançou em 2017 o primeiro videoclipe em parceria com o Estúdio 878, da música “O Sintoma do Universo”, disponível no Youtube.

Já o grupo ilheeense Zem Trio é composto por músicos e amigos de longas datas, Zezo Maltez (saxofones), Juliano Chucri (bateria) e Diego Pereira (baixo) já são figuras carimbadas no cenário da música do eixo Ilhéus-Itabuna. Apesar disso, foi por um acaso que se encontraram em 2015 e fizeram uma viceral apresentação com músicas de ZezoMaltez na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus. Desde então, ficou selada a parceria que veio culminar neste inusitado grupo instrumental que transita livremente entre o jazz e o rock.

Ilhéus: ´O Regional não vai ser fechado´, garante Marão

Durante a assinatura do contrato com o Hospital de Ilhéus para o atendimento pediátrico SUS 24 horas, com internação, o prefeito Mário Alexandre disse que o Hospital Regional Luiz Viana Filho não será fechado, mas reformado e reaberto como um moderno hospital materno infantil de alta complexidade.

Com um investimento de 9 milhões de reais pelo governo do estado para reforma total e equipamentos, o hospital terá UTI’s neonatal e infantil, garantindo às mães de Ilhéus e região assistência médica, sem a necessidade de deslocamento para a capital, enfrentando mais riscos e espera. “Para fazer as mudanças é preciso fazer alterações e para fazer essas alterações e reestruturar a saúde, é preciso ter coragem e investir em infraestrutura física e em atendimento, para Ilhéus deixar de ser exportadora de doentes. Fechado foi o Hospital e Maternidade Santa Isabel, há quase vinte anos, o que representou uma perda irreparável para a saúde de Ilhéus”, afirmou o prefeito.

No pronunciamento, Mário disse que no início do seu governo pesquisas apontavam uma rejeição de 87% da população aos serviços de saúde prestados pelo município; lembrou a crise nacional que envolve o setor, das propostas concretas que estão sendo implementadas para modificar o quadro. Além do Hospital da Costa do Cacau, a Policlínica da Conquista já está em reforma, para ser transformada no quarto pronto atendimento médico SUS 24 horas da cidade, do início das obras de reforma e ampliação do posto de saúde do bairro Hernani Sá, Urbis, da UPA que será construída no Malhado, e das emendas impositivas que conseguiu junto a deputados federais que foram votados em Ilhéus, para custeio da saúde, e, agora, com o Hospital de Ilhéus, que é referência em saúde na Bahia, passando a atender a pediatria pelo SUS.

O prefeito agradeceu a parceria com o governo do estado, o apoio do governador Rui Costa e do secretário de saúde do estado, Fábio Vilas Boas. Marão disse ainda que não vai aderir a política baixa: “Estamos sempre abertos ao diálogo. As críticas construtivas são bem-vindas, mas as dos pessimistas, que não ajudam em nada, vamos responder com trabalho.  Vou fazer a política de alto nível porque Ilhéus precisa ser referência em política, em infraestrutura e em saúde”, finalizou.

Intensificada vacinação de adolescentes contra HPV e Meningite do tipo C, em Ilhéus

A secretaria municipal de Saúde (Sesau) vai intensificar nos próximos meses, a vacinação contra Human Papiloma Virus (HPV) e Meningite C ambos indicados para meninas de 9 a 14 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias) e meninos de 11 a 14 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias). A medida segue uma recomendação do Ministério da Saúde (MS). A população deve procurar as unidades básicas de saúde mais próximas de sua residência e levar a carteira de vacinação. O foco da campanha será reforçar as indicações já estabelecidas na rotina de vacinação do município, através da Campanha de Mobilização e Comunicação do Adolescente contra essas doenças.

De acordo com a coordenadora de Imunização da Secretaria de Saúde, Walkiria Cardeal, o esquema recomendado consiste em duas doses com intervalo de seis meses e que as vacinas continuam disponíveis nas Unidades de Saúde de Ilhéus. “Esse é o momento que os pais devem estar cientes da importância de trazerem seus filhos para serem imunizados, especificamente para este grupo. É importante que os pais saibam que não existe tratamento totalmente eficaz para eliminar o vírus sem o auxílio da vacina que é quadrivalente”, ressalta.

Alerta

Segundo dados apontados pelo Ministério da Saúde, nos países desenvolvidos, a incidência de câncer do colo do útero tem sido significativamente reduzida como resultado de programas preventivos. No entanto, os cânceres de boca e orofaringe são o sexto tipo de câncer entre os mais comuns no mundo, com 400.000 casos e 230.000 óbitos por ano. O aumento no número de casos é de duas a três vezes maior em homens que em mulheres, sendo que, nos Estados Unidos, a projeção de casos de câncer de orofaringe relacionados ao HPV superará o número de casos de câncer cervical em 2020.

O estudo ainda revela que mais de 90% dos casos de câncer anal e 63% dos cânceres de pênis são atribuíveis à infecção pelo HPV, principalmente pelo subtipo 16. Apesar de se tratar de cânceres menos frequentes, sua incidência no mundo também vem crescendo. A vacina do HPV tem como objetivo prevenir os cânceres de colo de útero, vulva, pênis, boca e orofaringe bem como as verrugas genitais em ambos os sexos.

CONTRATO AUTORIZA ATENDIMENTO DE CRIANÇAS VIA SUS NO HOSPITAL DE ILHÉUS

O prefeito Mário Alexandre (PSD) assinou contrato que autoriza o atendimento de crianças no Hospital de Ilhéus por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Orçado em cinco milhões por ano, o convênio é fruto de uma parceria entre o município e o Governo do Estado.

“Quando assumimos, herdamos uma rede básica destruída”, lembrou o prefeito durante o ato. “São investimentos na ordem de R$ 15 milhões para auxiliar a reestruturação da saúde do município, que beneficiarão desde o Atendimento Básico à reforma do Hospital Geral, e isso graças ao compromisso firmado pelo governador Rui Costa [PT]”,  destacou.

Também enfatizou que estruturar os serviços de saúde de Ilhéus não é o tipo de desafio que se supera de uma hora para outra. “Claro que não conseguiremos resolver tudo em apenas um ano de gestão. Afinal, são problemas acumulados ao longo de 30 anos. Aos pessimistas, vamos responder com trabalho, nos empenhando para dar mais qualidade e volume no atendimento à população”, concluiu Mário Alexandre.

O ato também contou com a presença do vice-prefeito José Nazal (REDE), da deputada estadual Ângela Sousa (PSD), dos vereadores Gil Gomes (PV), Pastor Matos (PSD), Nerival (PC do B), Paulo Carqueja (PSD) e Juarez Barbosa (MDB), além de secretários municipais.

ILHÉUS: RECADASTRAMENTO BIOMÉTRICO É REINICIADO

O recadastramento biométrico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) será reaberto nesta segunda-feira (5). Em Ilhéus, os postos de atendimento que foram montados na primeira etapa da campanha voltam a funcionar das 8 da manhã às 5 da tarde. Estarão disponíveis os postos da Biblioteca Pública (centro), do TRE (Avenida Esperança). O eleitor também já pode agendar, via internet, atendimento para ser feito no posto do SAC. O serviço de agendamento, nas unidades do SAC é feito mediante agendamento no site do órgão. Nesta nova etapa não haverá o posto de atendimento da Faculdade de Ilhéus (sul).

O prazo final do recadastramento é 9 de maio, quando ocorre o fechamento do cadastro eleitoral. O mesmo prazo de 9 de maio também será para os serviços obrigatórios de alistamento eleitoral (emissão do primeiro título), alteração de dados e transferência de domicílio eleitoral.

Em Ilhéus, a iniciativa conta com o apoio da Prefeitura Municipal, que, além de disponibilizar espaço e equipamento, colocou servidores à disposição do tribunal. Nesta nova etapa do recadastramento, serão atendidos eleitores que não fizeram o recadastramento biométrico nas cidades que estavam em revisão extraordinária e tiveram seus títulos cancelados, como é o caso de Ilhéus.

Não terá multa para o eleitor que não se recadastrou na primeira fase. Na revisão eleitoral [recadastramento biométrico] a penalidade imposta ao eleitor é somente o cancelamento do título. Apenas para os eleitores que não votaram nas últimas eleições e aqueles que foram chamados para serem mesários, mas não compareceram, esses, sim, são passíveis de multa.

Assim como ocorreu durante o período do recadastramento biométrico, os eleitores serão atendidos mediante hora marcada, distribuição de senhas ou por ordem de chegada, a depender do posto que desejar realizar o procedimento. Todos os postos seguirão o método de atendimento que praticavam durante o período do recadastramento biométrico.

 

Fonte: SecultBa/Jornal Bahia Online/PSB/Municipios Baianos

Portalg14

Facebook Comments

Deixe uma resposta