Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre os Centros de Controle de Zoonoses (CCZ).

Os centros de zoonoses, muitas vezes conhecidos como ‘carrocinhas’, são uma medida do governo para garantir o bem-estar de animais e da população. Esses centros podem ser encontrados em todos os estados do país e agem no controle das zoonoses, que são doenças que podem ser transmitidas de animais para seres humanos (como raiva, leptospirose,toxoplasmose, histoplasmose, leishmaniose e dengue), e na prevenção de epidemias.

Alem de retirar os animais das ruas, a tarefa mais conhecida, os centros de zoonoses também oferecem outros serviços. Treinamentos,cursos específicos para profissionais da área, fornecer esclarecimentos, ajudar na educação do público em geral sobre as zoonoses e a prevenção também são tarefas desempenhadas pelos centros de controle de zoonoses.

Além disso, os centros de controle de zoonoses também possuem animais para doação, sendo que esses animais já podem ser adotados com todas as vacinas administradas, castrados, vermifugados, com tratamento contra pulgas e carrapatos.

Veja algumas das principais responsabilidades dos centro de zoonoses:

Castração: voltada para cães e gatos a castração tem o objetivo de impedir a superpopulação de animais e, assim, evitar problemas como o abandono e a propagação de doenças.

Vistorias zoosanitárias: as vistorias têm como objetivo averiguar problemas que podem ter sido trazidos por animais para determinado município. Além disso, também verificam denúncias de maus-tratos a animais, atendem reclamações de barulho excessivo causado por animais e infestações de animais sinantrópicos ( animais que tranmitem zoonoses, como morcegos, pombos, ratos e mosquitos), podendo notificar e multar os responsáveis.

Recolhimento de animais: recolhimentos dos animais abandonados nas ruas, evitando acidentes e propagação de doenças.

Controle de animais sonantrópicos e peçonhentos: o obejtivo é impedir a propagação de zoonoses que podem ser tranmitidas por esses grupos de animais.

Vacinação antirrábica: a vacina é voltada para cães e gatos, para eviter que os animais sejam contaminados com a raiva, doença muito perigosa.

Educação: outra importante responsábilidade dos centros de zoonoses é a de informar a população sobre as doenças, prevenções e tratamentos. Além dos cursos e treinamentos já mencionados.

Controle da dengue: são feitas vistas a casas para averiguar se há presença de criadouros do mosquito e eliminá-los, se houver. Além de informar a população sobre o controle do Aedes Aegypti, informando como evitar a proliferação da dengue.

Monitoramento das zoonoses: também é de competência dos centro de zoonoses monitorar as doenças tidas como zoonoses, para que o controle seja feito com eficiência.

Quando procurar o centro de zoonoses.

Além de saber o que é e as funções dos centros de controle de zoonoses, é importante saber quando proculá-los. Veja algumas situações:

-Quando houver suspeita de que um animal pode causar riscos à saúde pública;

-Resgatar animais machucados, vitimas de maus-tratos;

-Resgatar animais atropelados;

-Quando houver alguma reclamação sobre barulho ou infestação causados por animais;

-Recolhimento de animais abandonados na rua;

-Castração;

-Vacinação antirrábica;

-Adoção.

Fonte: Radar Animal

Share Button