O candidato a vereador pastor Pedro (PSC) e o vereador candidato à reeleição Wellington Andrade (PSDB) da cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 quilômtros de Salvador, foram indiciados por compra de votos.

Eles foram conduzidos para prestar esclarecimentos no dia 30 de setembro do ano passado, durante a Operação Simão deflagrada pela Polícia Federal.

Em entrevista ao site “Acorda Cidade”, o delegado Fábio Marques informou que o material apreendido foi analisado, assim como os documentos e celulares das pessoas investigadas. Ele ainda afirmou que a análise obtida durante a investigação é muito robusta, razão pela qual os dois candidatos investigados foram indiciados por compra de votos.

“A investigação começou com uma denúncia sobre o pastor Pedro, de que ele estaria fazendo uma lista de fiéis da sua igreja, onde era oferecida uma bênção em troca do voto. Isso foi fartamente comprovado durante as investigações na igreja, associação que ele comanda e, em sua casa, foram identificadas essas listas. Durante o período curto de investigação descobriu-se também que a compra de votos era praticada de diversas formas. Foi aí que entrou o envolvimento do outro candidato também investigado, quando em uma das ligações interceptadas foi oferecido um lote de 400 votos. Houve então a confirmação dos demais elementos da investigação”, revelou o delegado.

Pré-vestibular Cidadão atinge marca de 500 aprovados

Política afirmativa de inclusão social no ensino de nível superior promovida pelo Governo Municipal, o Pré-Vestibular Cidadão completa 15 anos atingindo a marca de 500 alunos aprovados nos vestibulares para diversos cursos em várias universidades e faculdades brasileiras. A nova turma iniciou as atividades na noite desta segunda-feira, 13, com Aula Magna proferida pela professora Ana Rita Almeida Neves, no salão da Igreja Avivamento Bíblico.

Para a turma de 2017 o Pré-Vestibular ampliou o número de disciplinas para 11, oferecendo aulas de Química, História do Brasil, Literatura, Redação, Espanhol, História geral, Gramática, Matemática, Biologia, Física e Geografia. É uma iniciativa promovida através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedeso) em parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana, sendo os professores estagiários formandos em suas respectivas disciplinas.

Durante a solenidade, o prefeito José Ronaldo de Carvalho, o secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, a professora e ex-secretária de Educação Ana Rita Neves, o vereador Cadmiel Pereira e Ivone Magalhães estiveram compondo a mesa de abertura das atividades. Um vídeo mostrou a retrospectiva dos 15 anos de trabalho do Pré-Vestibular.

Ao observar a alegria dos novos 240 alunos do curso pré-vestibular, o prefeito José Ronaldo observou que o projeto é vitorioso em função do índice de aprovação. “É isso que a gente deseja, levar o conhecimento dos professores para vocês”, ressaltou.

Somente na turma do ano passado, o pré-vestibular aprovou 15 alunos em cursos diversos, dentre os quais enfermagem, engenharia civil, biologia e licenciatura em letras.  “Valeu a pena toda esta maratona pois mudou minha vida pessoal e defini minha carreira. Uma coisa é certa, quando a gente quer, encontra apoio como o deste curso pré-vestibular e se esforça, a gente consegue chegar lá. Eu sou vitoriosa e todos os alunos que estão aqui hoje também são”, afirmou Cleise de Jesus Santos, 19 anos, aprovada em Enfermagem na UEFS.

Em sua Aula Magna, Ana Rita fez uma reflexão sobre “O futuro é agora. E o essencial é invisível aos olhos”, ressaltando que o curso pré-vestibular é sempre denso de conteúdo e a necessidade de formar cidadãos. “O futuro que almejam está aqui agora”, alertou.

Matrícula na Rede Municipal registra boa procura por vagas

“Ter uma nova creche e uma escola de ensino fundamental no meu bairro facilitou a vida de toda a minha família”. A declaração partiu de Jussara de Almeida Sena que nesta segunda-feira, 13, matriculou os três filhos em escolas da Rede Municipal de Ensino, no bairro Santo Antonio dos Prazeres. A matrícula para os novos alunos nas unidades de ensino, iniciada hoje, segue até esta sexta-feira, 17.

Para Jussara, a possibilidade de matricular os filhos no próprio bairro foi um diferencial este ano que a levou a optar pela rede pública. “Meus filhos estavam todos na rede privada, hoje estão na pública. As escolas têm boa estrutura e fui bem atendida pelas equipes. Além disso, ficou muito mais próximo da minha casa”, avalia. Os filhos de Jussara foram matriculados na nova escola de Ensino Fundamental, que será inaugurada em breve, e no Centro Municipal de Educação Infantil Irma Rosa Caribé Amorim, localizado no mesmo bairro.

Dezenas de escolas da Rede Municipal registraram uma significativa buca por vagas neste primeiro dia de matrícula. Neste ano, a Rede Municipal oferece mais 2.500 vagas distribuídas por cinco novas escolas que vão ser entregues à comunidade nos próximos meses. Além do bairro Santo Antônio dos Prazeres, os moradores da Mangabeira, Conceição e da localidade de Terra Dura, no distrito de Humildes, serão beneficiados com as novas escolas de Ensino Fundamental; já o bairro do Sim vai ganhar uma nova creche.

Neste semestre também vão ser entregues as escolas municipais Monsenhor Jessé Torres Cunha (Aviário), Dalva Suzart Gomes (Alto do Papagaio) e Clóvis Ramos Lima (Parque Ipê) que acabam de ser reformados.

“Estamos registrando uma boa procura por vagas, buscamos organizar da melhor forma possível e priorizar a comunidade do bairro”, relata a diretora do Cemei Irma Rosa Caribé Amorim, a professora Plácida Emília Silva.

A Secretaria Municipal de Educação orienta os pais e responsáveis que tiverem dificuldade em matricular seus filhos em determinada escola a procurar a segunda unidade de ensino mais próxima.

“Conversamos com todos os responsáveis que chegam e vemos se existe possibilidade de matrícula, caso não haja, orientamos o encaminhamento para as escolas mais próximas. Tem escolas novas no bairro com boa oferta de vagas”, explica Neumam Ribeiro de Brito, diretora Escola Municipal Comendador Jonathas Telles de Carvalho, localizada no bairro Conceição II.

Vários fatores explicam o crescimento da demanda na Rede Municipal

Ao longo dos últimos quatro anos, a Prefeitura de Feira de Santana investiu na construção de 12 escolas de Ensino Fundamental e de 13 creches, distribuídas pelos bairros e distritos mais populosos. Outras 203 escolas foram reformadas, 15 destas com ampliação no número de salas de aula. Em 2017, a Rede Municipal de Ensino oferece mais de 50 mil vagas nas 217 escolas e creches.

Para a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, diversos fatores contribuíram para o aumento da procura por vagas: “São razões diversas, como a crise econômica que o país está enfrentando, um investimento mais significativo na estrutura física das escolas e a abertura de escolas mais confortáveis; os resultados do Índice de Desenvolvimento da Escola Básica (IDEB) hoje são melhores; a oferta de creches modernas e adequadas; e finalmente o fato de que agora as crianças ingressam mais cedo nas escolas”.

A secretária explica ainda que a Seduc está buscando alternativas para atender à demanda por novas escolas: “Estamos fazendo estudos de viabilidade, observando os bairros com maior procura por vagas e planejando a construção de novas unidades de ensino e a ampliação de outras”, explica Jayana.

 

Fonte: Bocão News/Secom PMFS/Municipios Baianos

Share Button