Veículos do Uber foram apreendidos por causa do não cumprimento da Lei Municipal n° 5.022, de 08/07/1998.
Veículos do Uber foram apreendidos por causa do não cumprimento da Lei Municipal n° 5.022, de 08/07/1998.

Onze carros que realizavam o transporte de passageiros através do Uber foram apreendidos durante o fim de semana em Natal. Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), os veículos foram recolhidos por descumprir a Lei Municipal n° 5.022, de 08/07/1998.

A STTU agiu através da denúncia de taxistas, que seguem cobrando à Prefeitura do Natal o impedimento do serviço Uber na cidade. O principal argumento da categoria é a falta de regulamentação dos serviços.

De acordo com o inspetor de fiscalização da STTU, Daniel Albuquerque, os taxistas são a única categoria que detém o direito de realizar o transporte individual em Natal. “Eles têm a permissão da secretaria e são fiscalizados diariamente, além disso, eles passam por cursos de capacitação”, argumenta.

Os veículos do Uber que foram apreendidos foram levados ao pátio da STTU e só devem ser liberados nesta segunda-feira, mediante o pagamento de uma multa de R$ 358,00.

Embora automóveis do Uber tenham sido apreendidos, taxistas também foram penalizados. Oito motoristas foram conduzidos a delegacia entre a noite de domingo (28) e a madrugada desta segunda-feira (29) por causa de ações contra condutores do serviço concorrente.

Em uma das ocorrências, os taxistas foram levados à delegacia após realizarem uma armadilha para pegar motoristas do Uber. Eles baixaram o aplicativo do serviço concorrente e chamaram um carro, no entanto, quando o condutor chegou, eles o impediram de circular.

Num outro caso, eles interceptaram um condutor. Nos dois casos, os motoristas do Uber acionaram a Polícia Militar, que levou todos os envolvidos para a Delegacia de Plantão da zona Sul de Natal.

No Minuto/Portalg14
Share Button